quarta-feira, 19 de março de 2014


Sinopse
Grammy-premiada cantora Rebecca St. James estrelas como Sarah Collins, um jovem em ascensão. Como um executivo de contas júnior em uma grande agência de publicidade, Sarah está pronta para fazer tudo: promoção executivo, aumento de salário, carro novo, fabuloso apartamento e viajar de primeira classe. Há apenas uma coisa que está indo para mantê-la de consegui-lo, seu bebê. Mas Sarah tem uma escolha. Seus amigos e colegas de trabalho insistem que ela tem o direito de escolher um caminho que oferece uma carreira de sucesso e recompensas materiais ilimitados. Mas de acordo com um misterioso estranho, e uma série de três visões noturnas, Sarah tem outra escolha a opção que não só irá mudar a sua vida, mas também a vida de seus entes queridos, agora e para sempre. Em 1973, a Suprema Corte dos Estados Unidos derrubou estado leis que proíbem o aborto, mas a controvérsia moral em torno da questão está longe de ser resolvido. Se for legalmente verdade que uma mulher pode fazer sua própria decisão particular a respeito de sua saúde reprodutiva, Sarahs escolha é um filme que oferece razões morais convincentes para escolher a vida.

Assistir - Sarah Choice (A Escolha De Sarah) - Legendado

sábado, 15 de março de 2014


Benção e Maldição


Uma versão moderna do conto bíblico de Davi e Saul, BÊNÇÃO E MALDIÇÃO é uma história de dor, engano e triunfo que descreve a luta de Dwight Hawkins (interpretado por Deitrick Haddon) para realizar seu propósito dado por Deus.
Com uma incrível oportunidade de se tornar um salmista na maior igreja da cidade, Dwight logo percebe que não seria tão fácil assim e acaba encontrando em um membro da igreja um dos piores sentimentos que o ser humano pode ter: a inveja. Dwight então cai em um plano diabólico arquitetado por um diácono para acabar com sua carreira, mas o jovem salmista se vê arrependido por seus atos e pede perdão a Deus pelos seus pecados.

Assistir - Benção e Maldição - Dublado

sexta-feira, 14 de março de 2014


No oitavo episódio de Milagres de Jesus, Gabriel Gracindo interpreta Elói na fase jovem. Junto com o primo Tobias (Bruno Ferrari), ele sofre as consequências da disputa de terras da família. Seu pai, Saron (Mario Hermeto) e o tio, Joel (Joelson Medeiros), deixam de pagar os tributos cobrados pelos romanos enquanto não decidem com quem ficam as propriedades. Mas os romanos cansam de esperar e resolvem atacar as duas famílias e os empregados, além de colocar fogo nas casas. Pastores e criados morrem e quando a luta acaba, Elói e Tobias estão seriamente feridos. Elói, atingido nas costas por uma bola de ferro, fica paralítico. E Tobias, que tem o rosto cortado por uma faca, fica cego. Após a tragédia, os primos, que mal se falavam, se tornam amigos e juntos farão uma longa viagem até o tanque de Betesda, uma fonte de água cercada por cinco pavilhões de pedra, onde acreditam que encontrarão a cura.
Milagres de Jesus é produzida pela Academia de Filmes e conta em episódios fechados a saga de pessoas agraciadas por milagres. Mais de 160 atores estão envolvidos no projeto, sob a direção de João Camargo. 


Assistir - Minissérie: Milagres de Jesus – Capítulo 8 – O Inválido do Tanque de Betesda

segunda-feira, 10 de março de 2014


O testemunho de Jerry. Uma história comovente, que mostra que no Senhor estamos amparados para sempre e que por Ele não seremos desapontados. Jerry é membro da igreja nova iorquina The Brooklyn Tabernacle, onde encontra-se o coral The Brooklyn Tabernacle Choir, que ganhou vários Grammys ano passado e foi considerado o melhor coral do mundo.
Vivemos em um mundo turbulento, diariamente somos conduzidos a uma atmosfera de desânimo e tristeza por conta das más notícias, doenças, enfim toda sorte de problemas. Temos portanto, a escolha de vivermos felizes ou infelizes. E você pergunta: escolha? Não tenho escolha, minha vida é um caos , ninguém me compreende, é muito fácil querer que tudo seja diferente se não está na minha pele. Esse é o pensamento que verdadeiramente arruína nossa fé. Jerry Robinson nasceu com paralisia cerebral e achava a vida um fardo: " por que Deus me fez assim? Como Ele pode me amar?". Jerry era infeliz e inseguro até que... 

"Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia. Portanto não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares. Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza.Há um Rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo. Deus está no meio dela; não se abalará. Deus a ajudará, já ao romper da manhã." Salmo 46:1-6

Assistir - Testemunho de Jerry (DUBLADO) - The Brooklin Tabernacle

sábado, 8 de março de 2014


O episódio A Impura conta a história de Ana (Rafaela Mandelli), uma mulher doce e muito bonita que vive um casamento cheio de paixão com Matias (Augusto Garcia). Os dias de felicidade, no entanto, estão contados. Após um parto muito difícil, Ana consegue dar luz a uma menina, mas logo após o período do resguardo, as regras dela chegam e não terminam mais. Matias gasta uma fortuna em médicos e Ana chega até a recorrer a uma feiticeira, mas ninguém consegue curá-la. A doença de Ana é considerada uma maldição e não é permitido que ela toque em ninguém, pois está impura. Pressionada por Inês (Ester Góes), a mãe de Matias, ela acaba indo embora na calada da noite e se abriga em uma caverna, onde passa a viver como mendiga. Doze anos depois, Ana continua sangrando. Até que um senhor entra em sua caverna em busca de comida e, ao saber de todo o sofrimento, fala sobre Jesus Cristo. Ela então decide ir atrás do Mestre, acreditando que só ele é capaz de curá-la.
Escrito por Paula Richard, o episódio A Impura será exibido nesta quarta-feira (5), às 21h40. O elenco conta também com Veronica Debom, Raquel Nunes, Ana Clara Pintor, Bia Abreu, Neuza Amaral, entre outros.
Milagres de Jesus é produzida pela Academia de Filmes e conta em episódios fechados a saga de pessoas agraciadas por milagres. Mais de 160 atores estão envolvidos no projeto, sob a direção de João Camargo. 


Assistir - Minissérie: Milagres de Jesus – Capítulo 7 – A Impura

sexta-feira, 7 de março de 2014


Conferencia Fiel
Pastores e Lidederes 2012

Assistir - CRISTO não é a Cereja do seu Bolo - Paul Washer


Paul Washer compartilha seu testemunho, falando como ele foi de rebelde a seguidor de Cristo.

Assistir - Testemunho do Paul Washer


"No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais." (Efésios 6.10-12)

Assistir - A Guerra Espiritual do Cristão - Paul Washer

quinta-feira, 6 de março de 2014


Descubra os dez mandamentos nesse fantástico desenho musical. Músicas e letras compostas pelos ganhadores do Oscar Al Kasha e Joel Hirschhorn. O Reino da Luz ´[e um lugar muito especial onde coisas incríveis acontecem. O tempo pára. Crianças e bichinhos animados seguem a Luz do Amor pela maravilhosa estrada Arco-Íris, numa viagem musical em busca dos 10 hits da parada de sucesso... Os 10 Mandamentos. Através de suas adoráveis personalidades e singelas canções, o Reino da Luz procura ajudar crianças de todo o mundo ensinando valores como o amor, coragem, lealdade, perseverança e amizade.

Assistir - Coleção, Bíblia Para Crianças - Os Dez Mandamentos

quarta-feira, 5 de março de 2014


PAIS E FILHOS NÃO DEIXEM DE MEDITAR NESSE VÍDEO, PODE MUDAR O RUMO DE SUAS VIDAS!!!
 

Assistir - Filho Rebelde e o Telegrama - Ilustrações do Reino de Deus


O caipira e Jesus - Para Deus não há impossíveis 

Assistir - O caipira e Jesus - Para Deus não há impossíveis


O vídeo fala sobre o arrependimento necessário a todos que desejam ser salvos. Começa contando que um homem de Deus sempre falava aos seus discípulos que se arrependessem um dia antes de morrer. Um discípulo perguntou como poderia saber o dia anterior ao dia de sua morte, se nem ao menos poderia saber quando morreria. O mestre, com sabedoria, disse que o momento para se arrepender é ``agora'', pois do amanhã nada sabemos. O narrador começa a contar uma história semelhante ao texto registrado em Mateus 22.1-14. Falou sobre um rei que enviou convites para uma festa, sem anunciar, no entanto, o horário da festa. Os convidados prudentes se prepararam, trocaram suas vestes e ficaram atentos ao chamado do rei para entrarem na festa. Os convidados despreparados, não se importaram em se arrumar para a festa, pensando que teriam tempo pra isso assim que soubessem o horário. O rei anunciou o horário da festa e disse que os convidados deveriam ir imediatamente para a festa, porque os portões se fechariam rapidamente. As pessoas foram. O rei, passando por elas, observou as que se prepararam para a ocasião, bem como notou a presença de pessoas com trajes sujos e inadequados para festa. O rei irou-se com os convidados não preparados e ordenou que fossem expulsos de seu palácio. A história faz uma alusão à volta de Cristo, para a qual devemos estar hoje preparados. Espero tê-la ajudado a entender o vídeo. Abraço e fique na paz!

Assistir - Um Dia antes de Morrer - Ilustrações do Reino de Deus


Um filho não se dava bem com o seu pai. Ele achava ruim ficar ali na casa do seu pai. E ele discordava do pai, ele brigava muito com o seu pai. Ele achava o seu pai um chato, um cara ultrapassado, com ideias antigas e ele resolveu ganhar o mundo. Ele morava no interior numa fazenda onde passava uma estrada de ferro. Então, ele resolveu fazer a trouxa, colocou as roupas dele e ficou na beira da estrada. Quando o trem de carga passou, ele entrou num vagão, saiu correndo atrás, entrou num vagão e foi embora, e ele foi vendo a casa do seu pai ficando longe, ele foi embora sem se despedir do seu pai, e foi viver a vida, foi gozar a vida. Ele havia dito pro pai dele que nunca mais voltaria. E essa era a vontade dele. Ele foi de cidade em cidade, de centro em centro. Foi buscar o seu destino. Mas tudo o que ele conseguiu encontrar foi tristeza, dor e lágrimas...

Assistir - Ilustrações do Reino - Muito mais que um Perdão

terça-feira, 4 de março de 2014


SINOPSE:
A história real e inspiradora de um treinador que decide mostrar os diversos aspectos dos valores de uma vida ao suspender seu time campeão por causa do desempenho acadêmico dos atletas. Dessa forma, Ken Carter recebe elogios e críticas, além de muita pressão para levar o time de volta às quadras. É aí que ele deve superar os obstáculos de seu ambiente e mostrar aos jovens um futuro que vai além de gangues, prisão e até mesmo do basquete.
 
Obs.: Não é gospel, ensino da Moral e luta pelo que se ama!

 

Assistir - Coach Carter - Treino para a Vida - Dublado

segunda-feira, 3 de março de 2014


O episódio retrata a emocionante relação de amor e fé entre o centurião romano Fídeas (João Vitti) e seu servo Rafael (Gustavo Leão). No começo da história, que tem uma passagem de tempo de 15 anos, Fídeas comanda um pelotão de 10 soldados romanos e recebe a difícil missão de exterminar o líder dos zelotes, povo hebreu que não se conforma com a ocupação romana na Palestina. Embora seja muito fiel ao exército romano, Fídeas não concorda com a opressora forma de dominação sobre os hebreus e sente enorme culpa ao ter de executar Mordecai (Cadu Fávero), o líder os zelotes. Após saber que a esposa de Mordecai, Liora (Lisa Eiras), também foi executada, ele decide levar o filho do casal, Rafael, de 5 anos, para viver com sua família em Cafarnaum.
Quinze anos se passam e Rafael é servo da família de Fídeas, embora tenha sido criado por ele como filho. Os dois convivem em total clima de carinho e cumplicidade, o que sempre gerou incômodo em Nênia (Flavia Monteiro), esposa do centurião. Rafael se torna um rapaz de muita fé, que admira as palavras de Jesus Cristo. Fídeas também simpatiza com as ideias do messias, mas não pode assumir que abandonou as crenças romanas. No entanto, quando Rafael fica gravemente ferido após uma luta contra os zelotes, Fídeas não pensará duas vezes antes de recorrer ao Mestre dos Mestres.
Escrito por Renato Modesto, o episódio A Cura do Servo do Centurião será exibido nesta quarta-feira (26), às 21h40. O elenco conta também com Giuseppe Oristânio, Lana Rhodes, Marcos Breda, Lisa Eiras, Michel Bercovicth, Laura Severo, Giancarlo di Tommaso, entre outros.
Milagres de Jesus é produzida pela Academia de Filmes e conta em episódios fechados a saga de pessoas agraciadas por milagres. Mais de 160 atores estão envolvidos no projeto, sob a direção de João Camargo. 


Assistir - Minissérie: Milagres de Jesus – Capítulo 6 – A Cura do Servo do Centurião (HD)


Endemoniado de Gerasa é uma das histórias mais fortes da série Milagres de Jesus. Quenate (Claudio Gabriel), o protagonista deste episódio, é um homem de bem, que gosta de ajudar a quem precisa, casado com a dedicada Ruth (Francisca Queiroz) e pai do amoroso Neziah (Brandon Mendes). Ele adora a vida em família, mas não abre mão de beber na taberna com os amigos Zev (Oscar Calixto) e Taré (Flavio Pardal), que são péssimas influências. Aos poucos, Quenate começa a ser atormentado por espíritos malignos.
Alguns são pessoas belas, como a moça Zilá (Julianne Trevisol), e um deles é sua própria imagem. Sem saber como lidar com a situação, ele passa a beber cada vez mais e chega a fazer coisas terríveis a mando desses espíritos. Um dia sua esposa deixa Neziah aos cuidados de Quenate, acreditando que o marido está em condições normais. Muito atormentado por vozes e pela sua própria sombra, Quenate deixa o menino sozinho em casa.
Neziah acaba ingerindo um fruto venenoso em fica à beira da morte. No auge do desespero, Quenate tenta acabar pela segunda vez com a própria vida, mas é impedido por Jesus, que enfrenta junto com os discípulos uma grande tempestade no mar para chegar até Gerasa.
Escrito por Renato Modesto, O Endemoniado de Gerasa vai ao ar nesta quarta às 21H45. O elenco conta também com Eliana Guttman, André De Biase, Silvio Matos, Daniel Aguiar, entre outros.
Milagres de Jesus é produzida pela Academia de Filmes e conta em episódios fechados a saga de pessoas agraciadas por milagres. Mais de 160 atores estão envolvidos no projeto, sob a direção de João Camargo. 


Assistir - Minissérie: Milagres de Jesus – Capítulo 5 – O Endemoniado de Gerasa (HD)

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014


Heróis Bíblicos e Seus Ensinamentos - Sansão e Dalila

Sansão é um dos maiores heróis do Velho Testamento. Mas esta não é uma história de aventura, é uma lembrança de que todos os homens e mulheres, não importa o quão importante sejam, precisam se curvar a vontade de Deus. Sansão esta destinado a ser grande. E na medida que ele cresce, prova ser o homem mais forte da Terra. Porém, quando se apaixona por Dalila, uma mulher falsa e manipuladora, sua sorte muda.

Assistir - Sansão e Dalila - Desenho- Dublado


Sinopse
Assistir Incondicional A vida idílica de uma mulher é abalada quando seu marido é assassinado num ato de violência sem sentido. No momento em que ela se prepara para assumir o caso, dois encontros inesperados começam a mudar sua vida. (Baseado Numa Historia Real)

OPÇÃO 2

Assistir - Incondicional - Dublado

PASTOR JOTINHA UM DOS PIONEIROS DA ASSEMBLEIA DE DEUS E AUTOR DE VÁRIOS HINOS DA HARPA CONTA SEU TESTEMUNHO.



Autor de vários hinos da harpa como a versão do hino 001 da Harpa Cristã "Chuvas de Graça" (dentre outros), o pastor José Rodrigues, de 97 anos, um dos pioneiros da Assembléia de Deus, amigo de Daniel Berg e Gunnar Vingren – fundadores da Assembléia de Deus – José Rodrigues, mais conhecido como J.R. ou “Jotinha”, é o único da 1ª geração da AD que permanece vivo.
Nasceu em Cafarnaum da Galiléia, Israel, em 24 de junho de 1910, no mesmo ano que se iniciava a Igreja Evangélica Assembléia de Deus. Em 1911 seus pais vieram refugiados para o Brasil. Seu nome de origem é Josefus Rerullu.Autor de diversos corinhos cantados na AD, como o “Eu quero ser senhor amado como um vaso na mão do oleiro...”, que compôs em 1950, muitos hinos da harpa cristã também levam as iniciais J.R. 01, 05, 08, 84, 96, além de outros. Dentre os hinos de sua autoria, J.R. afirma que o mais cantado é o número 1 da Harpa Cristã Chuvas de Graça. “Todos foram escritos em momentos marcantes da minha vida, mas o 01 é o mais lembrado. Esse hino até os ímpios cantam”. J.R. explicou ainda o segredo que faz os hinos da harpa, apesar de muito antigos, sobreviverem às inovações. “Os hinos avulsos vêm e passam, mas os clássicos da harpa cristã permanecerão até a eternidade. Foi Deus quem inspirou os autores que compuseram em constante oração”. O Pastor José Rodrigues é uma prova viva da obra que Deus tem realizado ao longo da história e um rico patrimônio da Assembléia de Deus que vai ficar marcado na memória de todos. Um comentário do pastor chama a atenção: não se casou e nunca teve sequer namorada. Uma vida de inteira dedicação à obra de Deus!Hinos que traduziu ou adaptou:001-Chuvas de Graça005-Ó desce fogo santo008-Cristo, o fiel amigo084-O grande "Eu sou"096-Deixa penetrar a luzTestemunhoEm 1932, J.R. e um grupo de irmãos passaram por uma experiência inusitada. Enquanto caminhavam pelo sertão de Pernambuco para evangelizar os vilarejos, sem alimento adequado há dias, foram surpreendidos por um bando de cangaceiros que lhes indagaram quem eram e para onde iam. J.R. disse que iriam evangelizar vilarejos. O cangaceiro perguntou se eram eles os missionários da “nova seita” que pregavam o bem, o que foi confirmado. No mesmo instante o cangaceiro mandou seus capangas retirarem da bagagem farinha de mandioca, rapadura e carne seca e oferecer aos missionários itinerantes. Após orarem agradecendo a Deus pela provisão de alimentos, pregaram o evangelho. Perguntaram ao cangaceiro seu nome e tiveram uma resposta imprevista: “Virgolino Ferreira da Silva – mais conhecido como Lampião” - bando que atuou no sertão nordestino por 20 anos. Deus usou até o cangaceiro para alimentar seus servos na jornada missionária pelo Brasil!

Assistir - Testemunho do Pastor Jotinha

Hardflip

 Hardflip
HARDFLIP 
O Que Fazer Quando a Sua Vida dá Uma Virada de 180°?
Tamanho: 353 MB ou 800 MB
Formato:
 DVDRip/Rmvb ou Avi
Idioma:
 
Portugues ou Portugues/Ingles
Classificação Etária:
  Livre  L 
Lançamento: 2013
Qualidade Audio:
 
10
Qualidade Video: 10


O que acontece em nossa vida quando abrimos espaço para o perdão?
Mágoas do passado, divergências familiares e até a imaturidade da juventude são alguns pontos marcantes de nossa vida que contribuem para nos tornarmos quem somos. A mudança chega quando permitimos Deus entrar em nossa história para tudo se transformar.
O filme Hardflip conta a história de Caleb, rapaz apaixonado por skate que dedica sua vida ao sonho de tornar-se um grande profissional. Sem dúvida, a intensidade de seu empenho reflete a fuga de suas responsabilidades. Para não encarar a realidade de ter sido criado sem a presença do pai e conviver com a doença da mãe, Caleb busca no esporte o caminho para esquecer os seus maiores problemas.
Após encontrar cartas de amor escritas pelo pai no passado, o jovem decide encontrá-lo. E, em busca por respostas, o rapaz vê a vida ser transformada diante de seus olhos. Em momentos de tensão, as histórias e mensagens comoventes ditas por um morador e pregador de rua chamado Ralph, que surge como grande amigo e conselheiro de Caleb, tocam sua alma e ensinam-lhe a compreender o valor do perdão e da Palavra de Deus.
A mensagem de Hardflip mostra a importância de aprendermos a deixar as mágoas para trás. A sabedoria de Cristo é a fonte para perdoarmos a nós mesmos e ao próximo. Não deixe de conferir este filme emocionante!
 
Para Baixar Em RMVB


Para Baixar Em AVI

Baixar - Hardflip


O que acontece em nossa vida quando abrimos espaço para o perdão?
Mágoas do passado, divergências familiares e até a imaturidade da juventude são alguns pontos marcantes de nossa vida que contribuem para nos tornarmos quem somos. A mudança chega quando permitimos Deus entrar em nossa história para tudo se transformar.
O filme Hardflip conta a história de Caleb, rapaz apaixonado por skate que dedica sua vida ao sonho de tornar-se um grande profissional. Sem dúvida, a intensidade de seu empenho reflete a fuga de suas responsabilidades. Para não encarar a realidade de ter sido criado sem a presença do pai e conviver com a doença da mãe, Caleb busca no esporte o caminho para esquecer os seus maiores problemas.
Após encontrar cartas de amor escritas pelo pai no passado, o jovem decide encontrá-lo. E, em busca por respostas, o rapaz vê a vida ser transformada diante de seus olhos. Em momentos de tensão, as histórias e mensagens comoventes ditas por um morador e pregador de rua chamado Ralph, que surge como grande amigo e conselheiro de Caleb, tocam sua alma e ensinam-lhe a compreender o valor do perdão e da Palavra de Deus.
A mensagem de Hardflip mostra a importância de aprendermos a deixar as mágoas para trás. A sabedoria de Cristo é a fonte para perdoarmos a nós mesmos e ao próximo. Não deixe de conferir este filme emocionante!

Assistir - Hardflip - Dublado

O Corajoso - O início da vida de Josh McDowell


 O Corajoso
O Corajoso - O início da vida de Josh McDowell


Dados do Filme:


Tamanho: 223 MB ou 700 MB
Formato:
 DVDRip/Rmvb ou Avi
Idioma: 
Portugues ou Portugues/Ingles
Classificação Etária:
 Nao Informada
Lançamento: 2013 (No Brasil)
Qualidade Audio: 
10
Qualidade Video: 10Dados do Filme:
Tamanho: 223 MB ou 700 MB
Formato:
 DVDRip/Rmvb ou Avi
Idioma: 
Portugues ou Portugues/Ingles
Classificação Etária: Livre  L 
Lançamento: 2013 (No Brasil)
Qualidade Audio: 
10
Qualidade Video: 10




A verdadeira história do escritor de best-sellers, como Evidência que Exige um Veredito e Mais que um Carpinteiro



Este filme é uma história de redenção!
Josh McDowell nasceu na dura realidade de um mundo cruel. Vítima de abuso sexual por um empregado da casa e com um pai violento e alcoólatra, McDowell vivenciou na pele o sentimento da vergonha. Com o passar dos anos, a vergonha que sentia o distanciava cada vez mais de Cristo e transformou-se mais tarde em raiva. Determinado a se rebelar contra a existência de um Deus amoroso, McDowell entrou em conflito com os cristãos ao ingressar na universidade. Ele ridicularizava a crença e desprezava a fé que sentiam até o dia em que os cristãos o propuseram um desafio: provar que Deus não existia. Obsessivamente, McDowell viajou pelo mundo inteiro, investigando textos sagrados históricos para encontrar contradições no cristianismo. Mas o que ele encontrou foi a verdade – e uma fé que o levou à graça e resgatou um homem destruído.


O Corajoso retrata a verdadeira história da busca de Josh McDowell para provar que Jesus Cristo nunca existiu – essa procura terminou em uma jornada que o colocou diante do amor de Deus e do Seu poder transformador. Seu ministério com a Cruzada Estudantil e Profissional para Cristo o permitiu levar as boas-novas do Senhor a milhares de pessoas ao redor do mundo, publicando mais de 130 livros na área de Apologética Cristã, incluindo Mais que um Carpinteiro e Evidência que Exige um Veredito. Ele é a prova concreta que uma vida pode ser transformada.


BAIXAR EM RMVB DUBLADO
Uploaded   FreackShare   BitShare   NetLoad   RapidGator   FileVice   QueenShare   

BAIXAR EM AVI DUAL AUDIO
Uploaded   NetLoad   FreackShare   BitShare   FileVice   PutLocker

AVI.rar (arquivo comprimido)
Uploaded   BilhoesUpload   Putlocker   BitShare

Baixar - O Corajoso - O início da vida de Josh McDowell

sábado, 15 de fevereiro de 2014


O episódio A Mão Ressequida conta a história de Gerson (Chay Suede), um jovem judeu de ótimo coração, que toca flauta muito bem. Sua música encanta Ada (Rayana Carvalho), uma bela jovem do vilarejo onde vivem que é cortejada pelo irmão de Gerson, Chaim (Rodrigo Phavanello).
Ao decidir se casar com Ada, Gerson desperta a ira de Chaim. Ele vive um bom tempo de felicidade com a esposa, até que sua mão esquerda começa a apodrecer, contaminada pela peste. Chaim aproveita a situação e tenta apressar a morte de Gerson, para ficar com Ada. Mas a fé que Gerson mantém nos momentos mais difíceis, o amor incondicional de sua esposa e um encontro inesperado com Jesus farão com que ele escape desse destino trágico e volte a ser feliz ao lado de sua amada.
Escrito por Camilo Pellegrini, o episódio A Mão Ressequida será exibido nesta quarta-feira, às 21h40. O elenco conta também com Paulo Nigro, Cibele Larrama, entre outros.
Milagres de Jesus é produzida pela Academia de Filmes e conta em episódios fechados a saga de pessoas agraciadas por milagres. Mais de 160 atores estão envolvidos no projeto, sob a direção de João Camargo. 

Assistir - Minissérie: Milagres de Jesus – Capítulo 4 – A Mão Ressequida (HD)


A história do leproso de Genesaré mostra como o sofrimento profundo transforma a personalidade de Barzilai (Milhem Cortaz), um rico comerciante de peixes. Arrogante e muito ambicioso, Barzilai deseja prosperar ainda mais seus negócios para dar uma vida melhor à esposa Judith (Marcella Muniz) e à filha Livana (Juliana Xavier).
Ele sempre acompanha de perto seus servos no transporte das mercadorias e em mais um dia na estrada, se depara com um grupo de leprosos, que implora por um peixe. Barzilai se nega a ajudar e, posteriormente, decide apedrejar um deles, acreditando que o leproso roubou uma tainha que caiu de um dos alforjes. Em outro momento, Barzilai nega ajudar Rayna (Ana Paula Secco), a melhor amiga de sua esposa, que é renegada pelo marido por não conseguir engravidar. Ele acredita que, assim como os leprosos, uma mulher renegada é uma mulher impura.
O que Barzilai não poderia sequer imaginar é que também se tornaria impuro e que teria de abandonar sua família no momento em que nasce o seu segundo filho. Mas ao vivenciar todo o sofrimento de ser um leproso e através da bela amizade que constrói com Job (José Dumont), o homem que tentou apedrejar, vai perceber o quanto agia errado e que ainda está em tempo de mudar.
Barzilai passa a dar atenção aos ensinamentos de Jesus Cristo e irá atrás do Mestre para aliviar o seu sofrimento. Escrito por Renato Modesto, o episódio O Leproso de Genesaré será exibido hoje, às 21:45 h.
O elenco conta também com Micael Borges, Paulo Gorgulho , Iran Lima, Raymundo de Souza, Paulo Vespúcio e Gustavo Novaes, entre outros. Milagres de Jesus é produzida pela Academia de Filmes e conta em episódios fechados a saga de pessoas agraciadas por milagres. Mais de 160 atores estão envolvidos no projeto, sob a direção de João Camargo. 


OPÇÃO 2

Assistir - Minissérie: Milagres de Jesus – Capítulo 3 – O Leproso de Genesaré (HD)


O episódio A Mulher Encurvada é sobre a sofrida vida de Miriam (Roberta Gualda), uma mulher bela e honrada, que perde completamente a fé após as muitas dificuldades e provações que surgem em seu caminho.
Serva do repugnante Naor (Marcello Escorel), ela sofre com o assédio de seu patrão, principalmente depois da morte de seu pai, Avigdor (Plínio Soares). Gabriel (Thierry Figueira), o grande amor de Miriam, com quem iria se casar, é expulso das terras de Naor, que insiste em ter sua serva para ele.
Desesperada, Miriam foge e vaga sozinha pelas ruas. Ela conhece Aziza (Lorena da Silva), a cafetina de um prostíbulo, que tenta em vão convencê-la a trabalhar como prostituta. Com pena de Miriam, Aziza sugere que ela se case com Emaré (Bemvindo Sequeira), um velho alcoólatra, dono de um curtume. Miriam sofre o pão que o Diabo amassou vivendo com Emaré, até que não vê outra alternativa e resolve se tornar prostituta.
Por causa dos anos trabalhando pesado como lavadeira nas terras de Naor e pelo esforço enorme de carregar montes de couro no curtume de Emaré, Miriam foi ficando casa vez mais curvada. Com o passar dos anos, passou a não poder mais olhar para o céu. No auge do desespero, sem conseguir nem trabalhar como prostituta, Miriam reencontra Gabriel, seu amor de juventude, que ficou viúvo com dois filhos pequenos para criar.
A partir daí, o destino de Miriam muda completamente. Um encontro com Jesus irá acabar de vez com todo o sofrimento desta mulher. 


OPÇÃO 2

Assistir - Minissérie: Milagres de Jesus – Capítulo 2 – A Mulher Encurvada (HD)


A Pesca Maravilhosa conta como o pescador Simão (Caio Junqueira) se tornou discípulo de Jesus, passando a se chamar Pedro.
Nessa passagem, os pescadores viviam um período de grande dificuldade. Pressionados por Onias (Jorge Cerruti), eles precisavam pescar uma grande quantidade de peixes para pagar pelos barcos e também os altos impostos.
Em meio aos dias de sofrimento e angústia, André (Marcello Gonçalves), irmão de Simão, chama a atenção dele para as palavras de Jesus, que já era seguido por uma multidão na Galiléia. Mas Simão não acredita que Jesus é o Messias, nem mesmo quando ele vai até sua casa e cura sua sogra Tamar (Valéria Alencar), que estava à beira da morte.
No entanto, quando Simão ouve Jesus pregando para uma multidão na praia, fica maravilhado com suas palavras. Até que um milagre ainda mais poderoso que a cura da mãe da esposa de Simão acontece, e ele não tem mais dúvidas de que Jesus é o Messias enviado por Deus. 


OPÇÃO 2

Assistir - Minissérie: Milagres de Jesus – Capítulo 1- A Pesca Maravilhosa (HD)

João Wycliffe nasceu na terra natal de Occam, na Inglaterra, aproximadamente na mesma data em que o exilado excomungado morreu de peste em Munique. Embora chegassem a muitas conclusões idênticas no tocante à igreja, Wycliffe e Occam divergiam grandemente nas abordagens básicas da filosofia e da teologia. Wycliffe era realista em relação às proposições universais, mas acreditava, assim como Occam, que o papa era corrupto e que a igreja deveria ser governada pelo povo de Deus com seus respectivos representantes e não pela estrutura hierárquica clerical.

Wycliffe nasceu por volta de 1330 em Lutterworth, no condado de Yorkshire, na Inglaterra. Morreu ali em 1384 como pároco, depois de ter sido afastado da Universidade de Oxford pelos seus colegas e pelos líderes eclesiásticos, devido aos seus ensinos radicais. Ainda jovem, Wycliffe tornou-se mestre no Balliol College da Universidade de Oxford, alcançou rapidamente posição de destaque e adquiriu grande reputação como erudito e forte defensor de reformas na igreja.

Enquanto dava aulas em Oxford, assim como muitos outros catedráticos, Wycliffe era funcionário do rei da Inglaterra de quem recebia proteção contanto que suas opiniões concordassem com as da realeza. Serviu de mediador entre a igreja e a corte real nas disputas a respeito dos bens imóveis da igreja, impostos e de outras questões conflitantes entre a igreja e o estado e escreveu dois grandes livros sobre a teoria governamental: On divine lordship [Do senhorio divino] e On civil lordship [Do senhorio civil]. Escreveu, também, On the king's office [Do papel do rei], On the truth of the Holy Scriptures [Da veracidade das Sagradas Escrituras], On the church [Da igreja], On the power of the pope [Do poder do papa], On the eucharist [Da eucaristia] e On the pastoral office [Sobre o cargo pastoral]. Defendia a tradução da Bíblia inteira para a linguagem do povo para que todos os cristãos pudessem lê-la e estudá-la por conta própria. Graças a isso, é lembrado no nome da maior sociedade de tradução bíblica do mundo.

Wycliffe não era nada diplomático ou flexível em questões que envolviam suas fortes convicções. Censurava a corrupção e abusos dentro da igreja e condenava duramente os papas de sua época por causa da secularidade e obsessão pelo poder e dinheiro. Um exemplo de sua invectiva contra o papa oferece uma amostra de sua inclinação à polêmica: “Portanto, o papa corrupto é anticristão e maligno, por ser a própria falsidade e o pai das mentiras”6. Chamou os ubíquos frades de seu país de “adúlteros da Palavra de Deus, que usam as vestes e véus coloridos das prostitutas”7. Wycliffe antecipou os ataques de Lutero contra a corrupção da igreja de forma mais veemente em sua crítica às indulgências. As indulgências eram documentos de absolvição do castigo temporal (como o purgatório) dos pecados vendidos por agentes dos papas. Wycliffe condenou severamente essa prática, assim como Lutero o fez em seus dias. A respeito das críticas que o teólogo de Oxford fez contra a igreja, um biógrafo moderno de Wycliffe escreve: “Um ataque como esse foi necessariamente o prelúdio para a Reforma e uma contribuição importante de Wycliffe. De fato, pode-se dizer que o ataque de Wycliffe foi tão direto, tão devastador que poupou os reformadores do século XVI o trabalho de realizar a tarefa sozinhos”8.

Em 1377, dezoito “erros” de Wycliffe foram condenados pelo papa a pedido de alguns de seus colegas em Oxford. Ele foi intimado a comparecer diante dos bispos da Inglaterra para se defender. Nessa ocasião, conseguiu evitar a confrontação apenas porque a rainha-mãe o defendeu firmemente. Em 1378, Wycliffe começou a criticar o Grande Cisma do Ocidente, no qual dois homens e, posteriormente, três alegavam ser papas. Suas críticas, no entanto, não se restringiram ao papado. Elas se estenderam às doutrinas católicas essenciais como a transubstanciação, que se tornou dogma semi-oficial da igreja no tocante à eucaristia no Quarto Concílio Laterano em 1215. A família real apoiou e protegeu Wycliffe até 1381, quando ele simpatizou abertamente com a revolta dos camponeses. Sofrendo grandes pressões do corpo docente de Oxford e dos bispos da Inglaterra, Wycliffe voltou à sua paróquia natal em Lutterworth, onde passou o resto de seus dias escrevendo e organizando uma sociedade de pregadores leigos pobres, conhecidos como lollardos. Morreu de derrame enquanto conduzia o culto no último dia de 1384 e foi condenado como herege e oficialmente excomungado pelo Concílio de Constança em 1415; ali também foi queimado na fogueira seu dovoto seguidor boêmio, João Huss. Os restos mortais de Wycliffe foram exumados, queimados e jogados no rio Swift pelo bispo de Lincoln em 1428.
Diferentemente de Occam, Wycliffe era um ardoroso realista no tocante às proposições universais. Nessa questão, assim como também em muitas outras, ele recorreu à tradição cristã platônica da igreja primitiva e de Agostinho e se posicionou com Anselmo. Empregava a lógica escolástica, mas dava pouco valor ao aristotelismo de Aquino e ao nominalismo de Occam. O realismo de Wycliffe manifestou-se em várias áreas da sua teologia, mas em nenhum outro lugar com tanta força quanto em sua crítica à doutrina da transubstanciação. Segundo ela, quando o sacerdote pronuncia as palavras da consagração na celebração da missa, o pão muda de substância e torna-se verdadeira e fisicamente a carne de Jesus Cristo enquanto o vinho torna-se de fato seu sangue. Os “acidentes” ou qualidades exteriores do pão e do vinho permanecem os mesmos, mas a substância interior é transformada de tal maneira que, segundo a doutrina, a pessoa que participa da eucaristia realmente come e bebe o corpo e sangue de Cristo. Embora essa doutrina da eucaristia não tenha se tornado um dogma definitivo e formal – já não mais passível de debate – antes do Concílio de Trento no século XVI, ainda na época de Wycliffe chegou a ser crença e doutrina aceita pela Igreja Católica Romana. Wycliffe lutou com ferocidade contra essa doutrina e usou o realismo como aliado.

Na obra On the eucharist, Wycliffe levantou muitas objeções contra a doutrina da transubstanciação e até mesmo a rotulou de “fantasias infiéis e infundadas” e argumentou que ela levava à adoração idólatra dos alimentos. Mas seu argumento mais forte baseava-se na metafísica realista. A referida doutrina subentende que uma substância, como o pão e o vinho, pode ser destruída e que “acidentes” podem existir sem que haja nenhuma relação com a substância. Segundo Wycliffe, essa crença desonra a Deus que é o autor de todas as substâncias. Além disso, viola as regras básicas da metafísica e da lógica. Em qualquer metafísica realista, quando uma substância ou proposição universal é destruída, seus acidentes também são destruídos. Pelo menos, assim ele acreditava e argumentava.

De qualquer forma, Wycliffe apresentou seu próprio conceito da eucaristia como alternativa ao que chamava de “heresia moderna” da transubstanciação. Segundo seu conceito, as substâncias do pão e do vinho permanecem enquanto o Espírito do Deus vivo estiver nelas, de modo que contêm a “presença real” de Jesus Cristo, embora continuem sendo pão e vinho. Em suas próprias palavras: “Assim como Cristo é duas substâncias, a saber, terrena e divina, também esse sacramento é o corpo do pão material e o corpo de Cristo”9. Wycliffe rejeitava a ideia de que qualquer sacramento funcionasse ex opere operato. Nessa questão, rompeu com seu amado pai da igreja, Agostinho, e insistiu que, para que o sacramento fosse verdadeiro e transmitisse graça, devia existir a presença da fé. A visão de Wycliffe sobre os sacramentos – especialmente da refeição eucarística – foi prenúncio do pensamento dos grandes reformadores protestantes magisteriais: Lutero e Calvino. Sua doutrina da presença real de Cristo por meio do Espírito Santo antecipa, sobretudo, a de Calvino.

A rejeição de Wycliffe à doutrina e à prática católica romana medieval ia muito além da crítica à transubstanciação. Seus conceitos sobre ministério e autoridade foram ainda mais importantes para sua luta por reforma. O teólogo de Oxford argumentava que a responsabilidade básica do ministro cristão – o sacerdote – era proclamar o evangelho e esse dever sobrepujava todos os demais. “Pregar o evangelho é infinitamente mais importante do que orar e administrar os sacramentos. […] Difundir o evangelho produz um benefício maior e mais evidente; é, por isso, a atividade mais preciosa da igreja. […] Portanto, os que pregam o evangelho devem realmente ser consagrados pela autoridade do Senhor”10.

Como eles deviam ser escolhidos e consagrados? Wycliffe chegou a recomendar que os membros de cada paróquia escolhessem seu próprio sacerdote – uma ideia bastante radical para a época. Ele estava profundamente desiludido com o poder, as riquezas, a corrupção e os abusos de autoridade por parte dos líderes da igreja e voltou sua atenção para o povo de Deus como a voz da vontade de Deus no governo eclesiástico. Embora fosse realista, sua eclesiologia converge, em certos aspectos, para a de Occam. Assim como o nominalista de Munique, Wycliffe defendia reformas radicais do clero e até a abolição do papado em qualquer forma reconhecível.

Talvez o principal trabalho de Wycliffe na teologia tenha sido sua defesa da autoridade suprema das Escrituras para tudo que tem relação com a fé e a vida. A Igreja Católica medieval chegou a considerar que a tradição tinha a mesma autoridade das Escrituras. A palavra do papa era considerada, por muitos sacerdotes e bispos, a palavra de Deus, embora a teologia católica não exigisse necessariamente essa crença. O dogma da infalibilidade papal só foi promulgado oficialmente no século XIX, mas na prática, as palavras e ações dos papas medievais eram respeitadas como autoridade absoluta. Wycliffe rejeitava totalmente essa ideia e depois de 1380 começou a chamar os papas de anticristos. Até o papa precisava obedecer ao “padrão evangélico” de ensino e prática derivado inteiramente das Escrituras e, à medida que o papa deixava de ser verdadeiramente evangélico, deixava mesmo de fazer parte da verdadeira igreja de Jesus Cristo e não devia ser considerado seu senhorio temporal ou espiritual.

Wycliffe escreveu o tratado chamado De veritae Sacrae Scripturae [Da veracidade das Sagradas Escrituras] em 1378, ano em que começou o Grande Cisma Ocidental. Nele, apresentou a tese de que as “Sagradas Escrituras são a suprema autoridade para todo o cristão e o padrão de fé e de toda a perfeição humana”11. Afirmou, também, a infalibilidade das Escrituras, que se interpretavam a si mesmas e o papel do Espírito Santo em iluminar a mente dos leitores enquanto as lêem e estudam. Em outras palavras, assim como os principais Reformadores protestantes de tempos posteriores, Wycliffe rejeitava a necessidade do magisterium autorizado – o ofício da igreja no ensino e interpretação das Escrituras. A Bíblia, a Palavra inspirada de Deus, assume esse ofício e está acima de todas as agências eclesiásticas.

Wycliffe rejeitava, também, o sistema medieval penitencial da salvação. Nos séculos subsequentes a Gregório Magno, a igreja ocidental e, especialmente, os monges desenvolveram um sistema meticuloso e exigente de penitências, ou atos de contrição, que os cristãos tinham que seguir para conquistar mérito perante Deus. Embora Wycliffe não chegasse a aceitar plenamente o evangelho protestante da justificação unicamente pela graça, antecipou Lutero e Calvino e outros reformadores do século XVI ao condenar todas as práticas humanas que visavam conquistar méritos diante de Deus. Sem nunca criticar ou abandonar as genuínas obras de amor como parte integrante da vida cristã, Wycliffe atribuía todo o mérito somente a Cristo e enfatizava a graça e a fé de maneira que não se ouviu falar na igreja durante séculos. Além disso, endossava com firmeza a crença na predestinação e tendia ao monergismo no seu conceito da intervenção de Deus em relação à atuação humana. Baseava-se nas Escrituras e não na metafísica escolástica ou na teologia natural.

Muitas razões justificam a reputação de Wycliffe como precursor da Reforma protestante. Nenhuma delas é mais importante, entretanto, do que a sua ênfase à Bíblia como infinitamente superior, em veracidade e autoridade, a qualquer tradição ou ofício humano. “Cento e cinquenta anos antes daqueles tempo [da Reforma protestante], Wycliffe agarrou-se à única autoridade adequada à Reforma, concedeu-lhe posição de destaque em sua obra e não poupou esforços para torná-la conhecida pelo povo, graças à tradução e à insistência na pregação da Palavra”12.

Nos anos finais, em Lutterworth, organizou o grupo de evangelistas e pregadores leigos, posteriormente chamados de lollardos, que ajudaram a preparar a Reforma na Inglaterra. Além disso, lutou pela tradução da Bíblia para a língua inglesa e seus esforços produziram entre seus seguidores a primeira Bíblia em inglês, chamada Bíblia de Oxford. Seus livros e ensinos chegaram à cidade de Praga, na Boêmia, onde o grande pregador e reformador João Huss usou-os para estabelecer ali um movimento permanente pré-protestante. Posteriormente, Lutero aproveitou os trabalhos tanto de Hus quanto de Wycliffe em sua luta bem-sucedida para reformar a teologia e a vida eclesiástica na Europa.

Assistir - John Wycliffe - "The Morning Star" - 1984


Gravado no município de Senador Pompeu (CE), na comunidade de Oiticica, Distrito de Engenheiro José Lopes e sede do município, entre os meses de novembro e dezembro de 2008, com roteiro e direção de Fram Paulo. Equipe técnica formada por alunos da oficina de audiovisual, interpretação dos atores do núcleo de teatro e trilha sonora original de Carlos Ney, músico de Senador Pompeu.

O filme MENINO DE CARVÃO pretende contribuir para a discussão o sobre a questão das relações familiares no tocante à violência doméstica e a exploração do trabalho infantil pelos próprios familiares. O filme traz à tona a questão da violação de direitos básicos das crianças previstos em Lei.
A ficção se passa em uma comunidade isolada do município de Senador Pompeu. Uma família que vive da produção de carvão. O pai, a mãe e um filho. O menino de 6 anos de idade, que nunca foi à escola, vive trabalhando com o pai na caieira de carvão e ajudando a mãe nos afazeres de casa, restando assim pouco tempo para brincar e não podendo para ir à escola.

Prêmios:
Melhor Direção e Melhor Fotografia
Festival Nacional de Cinema e Vídeo de Floriano-PI
Elenco:
Eltanin Alighiere
Erick Vandick
Sherida Sousa
Cícero da Silva
Maria Elcelane
Polinne Lima
Fram Paulo

Ficha Técnica:

Roteiro e Direção - Fram Paulo
Câmera - Washigton Alves
Som direto - Ivanildo Teixeira
Edição: Fram Paulo e Karla Samara
Assistência: Lucas Souza, Cícero Gerlânio e Alex Pedrosa
Still: Karla Samara
Designer Gráfico: Paulo Eduardo
Trilha Sonora: Carlos Ney

Assistir - Menino de Carvão

free counters